5 passos para parar de procrastinar (deixar para amanhã)!

0
39

Deixar para amanhã, é a base da existência de muitos estudantes. Nós sabemos o que devíamos estar a fazer, mas simplesmente não o queremos fazer. É mais fácil deixar para mais tarde as tarefas que temos de fazer, até chegar ao último dia, e de pois é necessário fazer tudo na última hora e sobre imenso stress. Ficamos exaustos, frustrados e ainda entregamos um trabalho que nem mostra o que sabemos nem o nosso potencial.

Aqui estão 5 dicas para realmente fazeres o que tens de fazer!

Organiza-te

Não consegues fazer as coisas que tens de fazer se não sabes o que precisa ser terminado e quando. Investe uma agenda ou começa a utilizar a agenda no teu telemóvel.

Teres as datas de entrega, dos teus trabalhos, apontadas no mesmo sítio ajuda-te a teres uma melhor noção do que tens pela frente e por onde deves começar!

Desfaz-te das distrações

É importante, antes de começares a trabalhar, pores de parte todas as distrações. Se costumas passar muito tempo no Snapchat ou no Instagram, então desliga o teu telemóvel.

Se te distrais facilmente com sons ambiente, tenta ouvir música ou white noise, para abafar o som. Alternativamente também podes escolher ir para uma biblioteca local ou da tua escola.

Divide o teu trabalho em tarefas simples

Parte da razão de deixarmos para amanhã as tarefas, é quando estas parecem muito grandes e difíceis. Para ultrapassar esta situação organiza-te e divide o que tens a fazer em tarefas mais fáceis que com um objetivo concretizável.

Faz a tarefa mais difícil primeiro

Começares com a tarefa mais difícil faz também com que tudo que venha a seguir pareça mais fácil e demorar menos tempo.

Faz pausas

É importante que faças pausas para o teu cérebro respirar. Podes utilizar a técnica do pomodoro que é a cada 25 minutos, tens 5 minutos de pausa. Para realmente descansar não basta pegares no telemóvel e ficares sentado. É importante que te levantes, que sais do sítio onde estás, para realmente dar uma pausa não só ao teu cérebro, mas também ao teu corpo. Vai buscar um snack, vai respirar ar fresco á rua. Faz alguma coisa que te faça esquecer o que estavas a fazer.